17 Comments

  1. isis
    17 de junho de 2018 @ 20:22

    Nessa classe também inclui estagiários

    Reply

  2. Ana Neri Amorim Gama Nunes
    26 de junho de 2018 @ 07:59

    Mas muitas dessas pessoas preferem viver na pobreza do que trabalhar. Trabalho em uma escola que as pessoas não tem visão de melhoras em suas vidas, não procuram emprego para não perder a bolsa familia. Então não se ajudam para sair deste status.

    Reply

    • Aline
      26 de junho de 2018 @ 15:52

      cara não viaja kkkkk quem tem carteira assinada recebe sim bolsa família, e entre ganhar bem e receber essa miséria que é o bolsa família pode ter ctz que a pessoa vai preferir trabalhar. Ninguém gosta de viver na pobreza e passar fome! Não fala bobagem.

      Reply

    • Mariana
      8 de julho de 2018 @ 18:24

      Que absurdo vc está dizendo, ana.

      Reply

  3. Cristiane Vieira
    26 de junho de 2018 @ 15:44

    Claro o bolsa família , entenda que para estas pessoas saírem de casa deixar os filhos com quem mesmo?!
    Ah , lembrei as nossas creches que atendem 24h…ops não existe!
    Levar á UBS porque o patrão não vai se importar não é mesmo?
    A alimentação e transporte também é joinha super perto de casa e os maridos … ops
    É mesmo elas são sozinhas… primeiro políticas públicas de qualidade , depois pode cobrar atitudes .
    Ter visão colocando -se na situação do outro e não em achismo vale muito!
    Mulheres negras e pardas quase 90% ganham no máximo um salário mínimo .
    Coloque no pacote : aluguel, passagem, refeição , água e luz .
    Dá pra você ?!
    Que ótimo mostre como com qualidade de vida e eu arrecado fundos pra tua campanha à presidência !

    Reply

  4. Claudinei
    26 de junho de 2018 @ 16:40

    Segundo o PT, este valor coloca as pessoas na classe média, tirando assim milhões da pobreza …

    Reply

  5. "Auxílio-academia"? TJ-RJ pagava para juízes fazerem ginastica
    29 de junho de 2018 @ 14:47

    […] Brasil, um quarto da população ganha menos de R$ 387 reais por mês. O país é um dos mais desiguais do mundo. E parece que essa desigualdade está longe de […]

    Reply

  6. “Auxílio-academia”? TJ-RJ pagava para juízes fazerem ginástica | Beto Ribeiro Repórter
    2 de julho de 2018 @ 14:00

    […] Brasil, um quarto da população ganha menos de R$ 387 reais por mês. O país é um dos mais desiguais do mundo. E parece que essa desigualdade está longe de […]

    Reply

  7. Olga Rangel
    4 de julho de 2018 @ 00:36

    Conhecemos pessoas que não tem filhos e recebem bolsa família. Assim como pessoas que tem cônjuge aposentado com salário de 2 mil reais ou mais, que recebem aposentadoria do LOAS. FALCATRUAS. E quem paga a conta no final??? Nós que pagamos por 30, 35, 40 anos ou até mais de contribuição mensal à previdência. Gente oportunista, DESONESTA. Um ABSURDO
    Devia ser realizada uma faxina e investigar esse roubos

    Reply

  8. Jorge Garcia
    9 de julho de 2018 @ 14:01

    Hà dois problemas graves. O primeiro é o controle de natalidade, que deveria existir mas, em primeiro lugar é combatido pelos religiosos. Em segundo lugar, o óbvio que é não haver emprego para todos. A maioria é pessoa honesta que procura uma chance e nao acha. Uma minoria é claro que se aproveita do sistema para ganhar sem trabalhar, mas isto acontece em todos os países. A tendência é se agravar pois a concentração de renda aumenta cada vez mais, a tabela de imposto de renda não é corrigida adequadamente há décadas por nenhum governo e a inflação oficial, é claro, é manipulada.

    Reply

  9. Dimas germsno
    13 de julho de 2018 @ 06:22

    Controle de natalidade já. … não interessa aos políticos que preferem manter seus eleitores analfabetos para se perpetuarem no poder às custas da ignorância … e da doutrinação comunista …. já que a deseducação oficial, sindical e religiosa se prestam a multiplicar a pobreza e miséria pela alienação mental e social.

    Reply

  10. Edna M.Pregnolatto Bonini.
    21 de julho de 2018 @ 16:00

    Sinceramente nosso país está em uma situação tão grave que é até difícil dizer isso ou aquilo. Tudo está ruim, podre, sem norte, enfim , calamitoso. Tabela do IR, como já foi dito em outro comentário é um absurdo não ser corrigida todos os anos , quem possue contra-cheque para receber salários, aposentadorias e pensão, sabe do que estou falando. O que era ruim antes , piorou com o PT .Não são esquerdistas, são ladrões comuns, que deveriam estar presos e devolvido todo o dinheiro roubado ou dado a outros países. Vale para todos os partidos. Educação em todos os níveis, mas antes precisa ter geração de empregos. Como, se tudo é desviado !!!!

    Reply

  11. Laureth
    21 de julho de 2018 @ 17:18

    Os programas de renda mínima são programas compensatórias não há política de emprego não há política de saúde de educação… a renda mínima existe para manter o trabalhador de pé. ……não há distribuição de renda no país … uns poucos são donos de tudo ..aí algumas pessoas ainda culpanilizam o pobre por ele receber as rendas minimas. Culpabilizam quem tem bolsa do pro une nossa família e outros… digo uma coisa aos desinformados leiam estudem história e politicas públicas o ir favo

    Reply

  12. Brasil gasta R$ 9,9 milhões por ano com auxílio-moradia de deputados
    1 de agosto de 2018 @ 16:25

    […] pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no final do ano passado mostram que 52 milhões de brasileiros vivem na pobreza. Ou seja, um em cada quatro brasileiros se encontra nesta situação. São brasileiros que vivem […]

    Reply

  13. Apenas 8,4% da população no Brasil recebe benefícios do governo
    6 de setembro de 2018 @ 17:57

    […] mencionar que o Brasil tem 52,1 milhões de pessoas em situação de pobreza (com renda per capita de até R$ 387) e apenas 16,1 milhões são beneficiárias de algum programa […]

    Reply

  14. Apenas 8,4% da população no Brasil recebe benefícios do governo | Beto Ribeiro Repórter
    10 de setembro de 2018 @ 17:01

    […] mencionar que o Brasil tem 52,1 milhões de pessoas em situação de pobreza (com renda per capita de até R$ 387) e apenas 16,1 milhões são beneficiárias de algum programa […]

    Reply

  15. Povo representado? 47% da Câmara será composta por milionários
    9 de outubro de 2018 @ 16:55

    […] a composição da Câmara dos deputados em Brasília diverge e muito com a realidade do Brasil. Um quarto da população brasileira vive com R$ 387 reais por mês. Mais de 23 milhões de pessoas sobrevivem com uma renda de R$ 232. […]

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *