2 Comments

  1. Avatar Juliana
    10/02/2020 @ 12:52

    Damares esqueceu de comentar que esse aumento nos índices de abusos contra bebês e crianças está diretamente ligado a criação da lei da Alienação Parental em 2010. Pelo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, houve um aumento em mais de 83% nos casos de violências sexuais contra crianças entre 2011 e 2017.
    O Brasil é o único país no mundo a manter em vigor uma lei embasada na ideologia pró pedofilia de Richard Gardner.
    #RevogaLAPjá

    Reply

  2. Avatar Coletivo Mães na Luta
    10/02/2020 @ 13:54

    Nunca na histórias vimos tantas notícias de bebês mortos por estupro.
    Será que o boletim levantou também esses números, ou só o número de denúncias?
    Porque andam dizendo por aí que foram só as denúncias que aumentaram, e também que 80% das denúncias são falsas, que é tudo alienação parental…
    O boletim precisa apresentar o gráfico de meninas grávidas e bebês mortos por estupro por ano nos últimos 10 anos. Pra não abrir brecha pra discussão.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *