17 Comments

  1. Em 6 meses, 35 mil mulheres foram vítimas de violência doméstica – Observatório da Evangelização
    09/08/2019 @ 14:55

    […] Em 6 meses, 35 mil mulheres foram vítimas de violência doméstica Em 6 meses, 35 mil mulheres foram vítimas de violência doméstica […]

    Reply

  2. Em 6 meses, 35 mil mulheres foram vítimas de violência doméstica
    14/08/2019 @ 09:13

    […] Por Isabela Alves I Observatório 3º setor […]

    Reply

  3. Avatar Rodrigo
    22/08/2019 @ 16:20

    Achei Pouco, deveriam contar o ano inteiro.

    Reply

  4. Avatar Nádia Nara
    02/09/2019 @ 09:19

    Estes números são os de Denúncias , quantas mulheres não denunciam por medo, quantas n podem se defender e escondem, quantas tem vergonha de dizer isso. E ninguém faz nada para conscientizar essas mulheres a gritar e divulgar esses idiotas egocêntricos e doentes mentais.

    Reply

    • Avatar Gil
      19/02/2020 @ 07:04

      E quantas andam a fazer denúncias falsas prejudicando não só os homens vítimas da mentira como as mulheres que realmente precisam de ajuda??

      Reply

  5. Avatar Jose de Freitas
    02/09/2019 @ 17:11

    E quantas são de denúncias falsas para poder afastar o pai dos filhos e ficar com os bens do casal?

    Reply

    • Avatar DEBORA
      22/01/2020 @ 06:44

      José, esse número não representa nem um décimo do número real de agressões, segundo as pesquisas de vitimização feitas com a população. Só vítimas de estupro são mais de 500 mil mulheres e crianças todos os anos. O descrédito da denuncia por posturas como a sua que questionam a veracidade do fato é um dos motivos pelo qual a grande maioria não denuncia e a violência segue.

      Reply

      • Avatar Joe
        02/02/2020 @ 11:51

        Não quero minimizar o absurdo de que trata o artigo, mas… este numero está infladíssimo.
        Se tivermos 500 mil mulheres ou crianças estupradas todos os anos, então praticamente toda a população foi estuprada nos últimos 80 anos é isso mesmo ? Seriam 40 milhões de estuprados ?????
        Acho que tem gato nesse balaio.

        Reply

        • Avatar Marco
          15/02/2020 @ 23:48

          Mas eu fui vitima de denuncia caluniosa, minha ex mulher me agrediu,tentou me matar,e alienoj meu filho a ponto de ele me denunciar por algo que não aconteceu…a.lei maria a penha não me deu o direito de.me.defender

          Reply

        • Avatar Maria da Conceição
          18/02/2020 @ 12:17

          Sou mulher, ei também já sofri violência verbal do meu parceiro, ele era uma pessoa boa, mas quando bebia mudava o comportamento, ele entrou para o programa de recuperação do AA, mas eu achava que o problema era só por causa da bebida, mas para melhorar a convivência eu também procurei ajuda no Al-anon, para familiares de alcoolicos, e com a ajuda de outras pessoas que passaram pelo mesmo problema eu aprendi a lidar com ele, sem causar problemas. Eu gostaria que esses órgãos de pesquisas, procurassem investigar se essas pessoas que provocaram essas agressões não estavam alcoolizados, muitas vezes por não verem o alcoolismo como doença, não sabem lidar com a situação, e pode gerar todo tipo de agressão, e muitas vezes o agressor não lembra, não estou querendo defender o agressor, estou relatando a minha experiência.

          Reply

      • Avatar GIL
        19/02/2020 @ 07:09

        O descrédito da denúncia anda sendo alimentado por essa mulheres que fazem denúncias falsas. Você prefere atacar e criticar um homem apenas e unicamente pelo simples facto de ser homem e não perde um segundo para ponderar que essas mulheres prejudicam muito mais. E outra coisa, não são os homens que podem combater esse tipo de situação porque qualquer homem que tente vai ser acusado de misoginia. São as próprias mulheres que precisam controlar essa situação…

        Reply

  6. » Em 6 meses, 35 mil mulheres foram vítimas de violência doméstica
    04/09/2019 @ 11:28

    […] Veja publicação original:  Em 6 meses, 35 mil mulheres foram vítimas de violência doméstica […]

    Reply

    • Avatar Camila
      15/09/2019 @ 14:18

      José, boa tarde.

      Que especulação nojenta para se fazer em uma matéria que tenta ajudar as mulheres.

      Caso não saiba, é necessário apresentar provas e fazer corpo delito.

      Você não é a vítima do caso!

      Reply

    • Avatar Barbara
      04/02/2020 @ 00:45

      Com certeza deve ser uma porcentagem pífia, se comparada aos casos reais.
      É por causa de pensamentos assim de gente que acha que mulher quer sempre tirar vantagem de homem que muitas mulheres são desacreditadas e morrem.

      Reply

  7. Avatar Renatho Siqueira
    01/11/2019 @ 16:34

    Absurdo, inconcebível e nefasto…

    Não obstante, fico me perguntando onde estão as estatísticas sobre homens agredidos, física e psicologicamente, pelas suas companheiras ou ex-companheiras.

    Além disso, me pergunto quantas dessas denúncias são falsas com objetivos de obter ganhos ilícitos, afastar pais de seus filhos injustamente ou exigir reparação pecuniária.

    E não: NÃO É UMA ESPECULAÇÃO, mas a realidade cotidiana que se tenta esconder a todo custo.

    Cadê a igualdade de gênero nessas horas?

    Reply

  8. Avatar Catarina Fontenele
    03/02/2020 @ 22:24

    E fora os abusos psicológicos… Que tbm são terríveis… Homens assim deverim ir pra cadeia e pagar com a alma.

    Reply

  9. Avatar Adriana
    04/02/2020 @ 10:29

    Ao tentar denunciar uma ameaça por telefone, feita por meu ex marido, o policial se negou à registrar a ocorrência, alegando falta de provas.
    Será que terei que esperar a certidão de óbito?!?

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *