Quem somos


O Observatório do Terceiro Setor é uma agência brasileira de conteúdo multimídia com foco nas temáticas sociais e nos direitos humanos, no que o mundo precisa com urgência. Reúne plataformas de TV, de rádio e digitais para divulgar as boas práticas das organizações da sociedade civil.

É o único veículo de comunicação dedicado a dar visibilidade aos trabalhos com impacto social. A sociedade civil hoje agrega mais de 781,9 mil entidades no Brasil e o objetivo do Observatório é disseminar conhecimentos, estimular o debate e aproximar as organizações para trocarem experiências, partilharem dificuldades e conquistas, e evoluírem em suas metas.

Tem como missão editorial dar voz aos assuntos do universo social – seja nas áreas da educação, saúde, direitos humanos, cultura, meio ambiente, entre outras – que estão fora da pauta da imprensa tradicional. Mostrar os problemas, desafios, lacunas e soluções que podem ser replicadas e ganhar escala.

Alinhado à agenda da sociedade civil, colabora para um país mais justo, solidário e sustentável. Informando. Prestando serviços. Criando campanhas. Auxiliando na elaboração de propostas para ampliar o poder de transformação e intervenção dos cidadãos. Realizando parcerias para gerar ações positivas, como a selada com o Ministério Público do Estado de São Paulo, e com a ReUrbi, que recolhe lixo eletrônico e transforma em computadores vendidos para ONGs a preços acessíveis, contribuindo para a defesa do meio ambiente.

ACERVO E ALCANCE

Em atividade desde 2012, o Observatório do Terceiro Setor conta com acervo de mais de 30 mil minutos de gravações e entrevistas com 450 personagens que fazem a diferença no Terceiro Setor. Mensalmente, mais de 1,6 milhão de pessoas são alcançadas pelos seus variados produtos de mídia.

PLATAFORMAS

TV

NGT, canal 48 em São Paulo, canal 45 no Rio de Janeiro, às quintas-feiras, ao meio-dia.

O jornalista Joel Scala entrevista um especialista, empreendedor, liderança ou personalidade sobre temas da agenda social e trabalhos realizados na área.

Em breve, o programa terá seu conteúdo ampliado. As gravações ocorrem nos estúdios da Fundação Instituto de Administração (FIA), na cidade de São Paulo.

Rádio

São dois programas na Rádio Brasil Atual: o Brasil Cidadão, que vai ao ar às terças-feiras, às 9h, e o Observatório na Brasil Atual, que vai ao ar às quintas-feiras, também às 9h.

A rádio pode ser sintonizada na frequência FM na Grande São Paulo (98,9), no litoral paulista (93,3) e no noroeste paulista (102,7). Também é possível ouvi-la de qualquer lugar, por meio do site dev.redebrasilatual.com.br/radio.

Os programas são apresentados pelos jornalistas Joel Scala e Franklin Valverde, que entrevistam profissionais, personalidades e especialistas de diversas áreas.

O Observatório tem também o programa Olhar da Cidadania, transmitido às quartas-feiras, às 17h, pela Rádio USP, que pode ser ouvida nas frequências 93,7 FM, em São Paulo, e 107,9 FM em Ribeirão Preto, ou pelo site http://jornal.usp.br/RADIO.

O Olhar da Cidadania é apresentado pelo jornalista Joel Scala e debate Direitos Humanos com especialistas e professores das mais diversas áreas do conhecimento.


Portal

O portal divulga notícias atualizadas, nacionais e internacionais, agenda de eventos e todos os programas de rádio e TV na íntegra. Também publica conteúdo dos parceiros Rádio ONU e jornal Le Monde Diplomatique Brasil.

Colunas: Profissionais especializados em cidadania, justiça, direitos humanos, direito da mulher, democracia, sustentabilidade, investimento social, tecnologia e inovação, comunicação e marketing, contemporaneidades e ação social publicam artigos em suas colunas no portal do Observatório.

Redes Sociais

O Observatório está presente no Facebook, no Instagram, no YouTube e no LinkedIn e alcança mais de 1,6 milhão de pessoas por mês.

NOVAS ESTRATÉGIAS

Capacitar Para Transformar

Em 2019, o Observatório do Terceiro Setor contará com dois novos núcleos. O primeiro deles é o de organização de eventos para discussão da realidade das ONGs e qualificação de seu trabalho. Ele reunirá parceiros de excelência para a realização de seminários, cursos, palestras e workshops sobre captação, gestão de recursos e administração de projetos, entre outros temas.

Uma pauta de destaque dos eventos será o incentivo ao negócio social com retorno financeiro, como resposta para a crise econômica e alternativa promissora às ONGs. Conhecido como setor “dois e meio”, ele agrega as empresas que investem no Terceiro Setor como “business”, transformando, por exemplo, a resolução de problemas e o atendimento às carências da população em atividades lucrativas.

Grupo de excelência

Integrado por profissionais e expertises de diferentes áreas (comunicação, educação, legislação, projetos sociais), este núcleo tem por objetivo debater novos meios de contemplar a massa de informações do Terceiro Setor e propor ações criativas, eficazes e de impacto, em sintonia com a missão do Observatório.

Para saber mais sobre o nosso trabalho, enviar sugestões e comentários, registre-se na página observatorio3setor.com.br/registro.