4 milhões de brasileiros abandonaram os estudos na pandemia

Compartilhar

O pior índice de abandono ocorreu no ensino superior (16,3%), seguido do ensino médio (10,8%) e do fundamental (4,6%). Dificuldades financeiras e pouco acesso a aulas remotas foram principais motivos

Foto: Marcos Santos/USP Imagens | via Fotos Públicas

Por: Isabela Alves

Em 2020, 8,4% dos estudantes com idade entre 6 e 34 anos matriculados informaram que abandonaram os estudos durante a pandemia. As informações foram divulgadas em uma recente pesquisa do Datafolha.

Isso significa que 4 milhões de alunos deixaram de estudar. Entre as razões para o abandono estão dificuldades financeiras e a falta de acesso a aulas remotas.

O pior índice de abandono ocorreu no ensino superior (16,3%), seguido do ensino médio (10,8%) e do fundamental (4,6%). Em 2019, o índice no ensino fundamental foi 1,2% enquanto no ensino médio foi de 4,8%.

Na universidade, 42% daqueles que abandonaram os estudos o fizeram por falta de condições de pagar as mensalidades. Já na educação básica, o principal motivo apontado foi a precariedade da manutenção de aulas.

Entre os que largaram os estudos, 17,4% dizem não ter intenção de retornar neste ano. A taxa sobe a 26% dos que estavam no ensino médio.

O Datafolha analisou a situação de 1.670 entrevistas, por telefone (com estudantes ou responsáveis).

Fonte: Folha de São Paulo


Compartilhar