Fundação Abrinq apresenta retrato infanto-juvenil aos presidenciáveis

Compartilhar

A Fundação Abrinq acaba de lançar a nova edição do Programa Presidente Amigo da Criança, iniciativa que, desde 2002, convida os presidenciáveis a se comprometerem com as questões da infância e adolescência durante seus mandatos

Imagem: Um Retrato da Infância e Adolescência no Brasil – Fundação Abrinq | Divulgação

Por Iara de Andrade

A Fundação Abrinq acaba de lançar a nova edição do Programa Presidente Amigo da Criança, iniciativa que, desde 2002, visa fortalecer o compromisso entre governo federal e sociedade civil em nome da promoção dos direitos das crianças e adolescentes.

Por meio do programa, a cada quatro anos, a instituição convida os presidenciáveis para que assinem um termo, durante o período eleitoral, se comprometendo a priorizar ações e políticas públicas para a infância a adolescência durante seus mandatos.

Para ajudar a combater os principais problemas enfrentados por essa parcela da população atualmente, entre elas a insegurança alimentar, mortalidade infantil, falta de acesso à creches e consultas médicas, a Fundação disponibiliza a publicação Um Retrato da Infância e Adolescência no Brasil, um panorama sobre o atual cenário brasileiro com dados e análises baseados no monitoramento de indicadores públicos.

O documento cita dados, por exemplo, do Relatório Luz 2021 sobre as 279 crianças e adolescentes, entre 5 e 17 anos, que morreram em acidentes graves enquanto trabalhavam, num período de 2007 e 2019.

Para as assinaturas dos termos de compromisso, a Fundação Abrinq recebe os candidatos conforme agenda disponibilizada pelas equipes de campanha.

Para saber mais sobre o Programa Presidente Amigo da Criança, acesso o link.


Compartilhar