Desigualdades e a Agenda 2030

O Olhar da Cidadania
O Olhar da Cidadania
Desigualdades e a Agenda 2030
Loading
/

Em 2015, diversos países, incluindo o Brasil, assumiram o compromisso de tentar alcançar as 169 metas dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030. Agora, na década final para o prazo estipulado, o Brasil acaba por se distanciar das metas em meio ao avanço das desigualdades.

Segundo o 5º Relatório Luz, realizado pelo GT da Sociedade Civil para a Agenda 2030, o Brasil não teve progresso satisfatório em nenhuma das 169 metas dos 17 ODS. Além disso, o país vem regredindo em diversas áreas como combate à pobreza, segurança alimentar, saúde, educação, gênero, economia e meio ambiente.

Para refletir sobre desigualdades e a Agenda 2030, recebemos, no Olhar da Cidadania desta quarta-feira, 01 de setembro, o economista Cláudio Fernandes e o pesquisador Ergon Cugler.

Cláudio Fernandes é economista da Gestos – Soropositividade, Comunicação e Gênero. Cofundador e membro do GT da sociedade civil para a Agenda 2030, faz o monitoramento e incidência na agenda de financiamento para o desenvolvimento sustentável e nas resoluções do GT de arquitetura financeira internacional do G20.

Ergon Cugler é pesquisador da EACH-USP, colaborador do Oxford COVID-19 Government Response Tracker (OxCGRT) e Representante da Sociedade Civil na Comissão da Agenda 2030 da ONU para São Paulo.

O programa também contou com a participação dos colunistas Christian Dunker, psicanalista e professor titular da USP, que falou sobre o medo na sociedade, e Marcos Perez, professor da Faculdade de Direito da USP, que falou sobre o pedido de impeachment contra o ministro do STF.

O programa foi apresentado pelo jornalista Joel Scala.

Olhar da Cidadania na Rádio USP

Todas as quartas-feiras, às 17h

Reprise todas as sextas-feiras, às 3h

São Paulo: 93,7 FM

Ribeirão Preto: 107,9 FM

*

Foto: AdobeStock | Licenciado