O papel da música na sociedade

O papel da música na sociedade
O Olhar da Cidadania

 
 
00:00 / 54:55
 
1X
 

A música é uma das formas de expressão da cultura popular que exerce uma importante função na construção de identidades na sociedade moderna. Ela conseguiu quebrar a barreira das diferenças culturais, possibilitando novas práticas sociais.

A música acompanha o brasileiro em diversos momentos e assume um grau de importância em sua vida. Uma pesquisa divulgada pela Universal Music. apontou que o Brasil é o país mais apaixonado por música. Para a pesquisa, realizada pela internet, 83% dos brasileiros informaram que são “completamente apaixonados por música”. O índice é 25% maior do quê de países como o Estados Unidos, Canadá e Reino Unido.

O levantamento ainda revela que a música acompanha o brasileiro diariamente.  Os dados mostram que 66% gostam de ouvir canções nos momentos de descanso; 58% escutam enquanto fazem tarefas domésticas;  53% escutam no trânsito; 51% em reunião de amigos; e 48% no caminho para o trabalho.

Para falar sobre o papel da música nas relações sociais, políticas e raciais, no Olhar da Cidadania do dia 02 de outubro, recebemos Denise Tamarozzi Mamede, psicóloga, especialista em Clínica Psicanalítica pela PUC-SP, e membro do Coletivo Psicanálise na Praça Roosevelt (São Paulo); e Vítor Queiroz, Doutor em Antropologia Social e Mestre em História Social da Cultura pela UNICAMP. Dedica-se – através do cruzamento interdisciplinar entre a História, a Antropologia e a Etnomusicologia – ao estudo da música popular, dos cultos afro-brasileiros e das questões étnico-raciais no Brasil.

Entre os assuntos abordados estão: surgimento de uma nova geração musical mais politizada;  a música através das perspectivas dos problemas sociais; a música de protesto; a realidade da música independente; a música na Bahia; movimentos sociais que surgem da representação musical; a fetichização da voz do negro; a relação entre território e a construção musical; Dorival Caymmi e o preconceito racial.

O programa também contou com a participação dos colunistas Christian Dunker, psicanalista e professor titular da USP, que falou sobre a intolerância e a culpabilização do “outro”; e Marcos Perez, professor da Faculdade de Direito da USP, que falou sobre a importância da informação para que o cidadão participe do âmbito político.

O programa foi apresentado pelo jornalista Joel Scala.

Olhar da Cidadania na Rádio USP

Todas as quartas-feiras, às 17h

Reprise todas as sextas-feiras, às 2h30

São Paulo: 93,7 FM

Ribeirão Preto: 107,9 FM