Escolas públicas e privadas podem participar de maratona de tecnologia

Compartilhar

Para fomentar a inclusão, formação e empregabilidade dos jovens na área da tecnologia, professores podem inscrever suas escolas até 04 de agosto na Maratona Tech, iniciativa promovida pelo Movimento Tech e a Associação Cactus, com apoio do iFood

tecnologia
Foto: Alex Kotliarskyi | Unsplash

Por Laura Leite

A Maratona Tech, considerada a maior competição de tecnologia do país, prorrogou o prazo de inscrições para sua segunda edição até 04 de agosto. A iniciativa, que envolve professores e estudantes de escolas públicas e particulares de todo o Brasil, é promovida em parceria entre o Movimento Tech, coalizão que busca despertar o interesse dos jovens pela carreira no setor, além de fomentar a inclusão, formação e empregabilidade, e a Associação Cactus. A competição conta com patrocínio do iFood, empresa brasileira de tecnologia, que também está entre os mantenedores do Movimento Tech.

A Maratona Tech leva os conceitos da tecnologia para dentro da sala de aula, impactando professores e estudantes, desenvolvendo aprendizagem dos jovens e conectando-os a este mundo. “Esta é a chance de desenvolver pessoas para as oportunidades de carreira que a área oferece, especialmente porque, de acordo com relatório do Fórum Econômico Mundial, 8 das 10 profissões que terão maior demanda nos próximos anos são da área de tecnologia”, afirma Luanna Luna, diretora de Educação do iFood.

A maratona pretende combater desigualdades e criar uma sociedade mais justa, com acesso à tecnologia para mais gente, além de incentivar o protagonismo dos estudantes e abrir oportunidades. “Mesmo observando as mudanças nas profissões e habilidades exigidas pelo mercado, percebemos que os jovens ainda sonham em trabalhar em cargos mais tradicionais, muitas vezes pela falta de acesso ou por acharem que não são capazes. A nossa ideia é mudar esse cenário e inserir mais pessoas nesse novo mercado”, reforça Luanna.

A participação na Maratona Tech é gratuita e agora as inscrições vão até o dia 04 de agosto. Nesta fase, professores e representantes das escolas interessadas devem fazer as inscrições das suas turmas pelo site.

Após as inscrições, professores recebem uma formação exclusiva e um desafio para aplicar em sala de aula, enquanto os alunos estudam, apresentam os trabalhos e os melhores são escolhidos para a fase final da competição.

No ano passado, a Maratona reuniu 80 mil estudantes em 21 estados e 183 cidades brasileiras. Destes, 222 estudantes foram premiados com bolsas em tecnologia.

O iFood é uma empresa brasileira de tecnologia, que aproxima clientes, restaurantes e entregadores de forma simples e prática. Tem o propósito de alimentar o futuro do Brasil e do mundo, transformando a sociedade por meio da educação e da tecnologia, da segurança alimentar, da inclusão e com um impacto socioambiental positivo.

O Movimento Tech é uma coalizão de organizações que movem as alavancas necessárias desde a idade escolar até a formação e empregabilidade na área de tecnologia com foco em gerar um setor tecnológico mais forte e justo, com inclusão e equidade para pessoas de baixa renda e perfil sub-representado.

A Associação Cactus é uma organização que busca, através da educação e da criação de uma cultura de protagonismo, transformar a vida dos jovens nos contextos mais agrestes, garantindo educação de qualidade e gerando equidade no sistema de ensino público.

 A iniciativa da maratona esta alinhada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda de 2030 da ONU, sendo o ODS 4 e 17, correspondentes à educação de qualidade e parcerias e meios de implementação.

 

 


Compartilhar