Mercado Solidário oferece produtos da cesta básica gratuitamente

Compartilhar

O mercado abre as portas uma vez por semana para famílias vulneráveis do Recife (PE) poderem escolher seus produtos sem a necessidade de pagamento 

Mercado Solidário oferece produtos da cesta básica gratuitamente
Foto: Arquivo pessoal/Divulgação

Por: Mariana Lima

Uma iniciativa social vem oferecendo às famílias em situação de vulnerabilidade de Recife (PE) o poder de escolher os itens da cesta básica de acordo com suas demandas, sem comprometer a renda.

É essa a proposta do Mercado Solidário, desenvolvido pelas empresárias Maria Eduarda Fernandes e Mayara Amaral, motivadas pelos efeitos da pandemia da Covid-19 sobre a população.

O mercado entrega fichas para as pessoas cadastradas, que podem ser trocadas no local por produtos de alimentação e limpeza. De acordo com a organização do projeto, a ação atende 7,6 mil pessoas por mês.

O projeto começou com as famílias do bairro do Pina, localizado na Zona Sul do Recife. A proposta é permitir que as famílias tenham autonomia para escolher o que querem consumir e consigam suprir suas necessidades. Hoje, 20 comunidades são atendidas pela ação, que reúne 22 voluntários.

Para ter acesso ao mercado, as famílias precisam se cadastrar e receber um cartão que tem 100 pontos. Quando convertidos para dinheiro, esses pontos valem R$ 220. Todas as quintas-feiras o mercado abre as portas para que as famílias cadastradas possam trocar os pontos pelos produtos desejados.

O mercado faz parte do projeto Vizinhos Solidários, que surgiu ainda em março de 2020. Inicialmente, as empresárias atuavam fazendo 20 marmitas por dia para distribuir nas regiões vulneráveis do Recife.

A atitude inspirou alguns vizinhos, que também decidiram ajudar. Além do Mercado Solidário, o projeto já distribuiu mais de 70 mil marmitas e 10 mil cestas básicas em 72 pontos de Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana.

Fonte: ECOA UOL


Compartilhar