A fome no Brasil

A fome no Brasil
Observatório na Trianon

 
 
00:00 / 1:02:11
 
1X
 


De acordo com o relatório ‘O Estado da Segurança Alimentar e Nutrição no Mundo 2018′, da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), no Brasil, 2,5% da população passou fome em 2017, o equivalente a 5,2 milhões de pessoas.

Em todo o mundo, 821,6 milhões de pessoas passaram fome em 2018. Ou uma em cada 9 pessoas no planeta.

Entre os continentes mais atingidos, a Ásia é o local com maior número absoluto de pessoas com fome: 513,9 milhões, seguida pela África (256 milhões) e a América Latina e Caribe (42,5 milhões).

É importante ressaltar que a Agenda 2030 da ONU para o desenvolvimento sustentável contém um conjunto de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), e o segundo objetivo é o de promover a Fome Zero e a Agricultura Sustentável.

Para discutir os impactos negativos da fome na realidade brasileira, recebemos, no nosso programa de rádio desta terça-feira (23/07), José Raimundo Sousa Ribeiro Junior, geógrafo, doutor em geografia humana pela Universidade de São Paulo (USP) e representante da Associação dos Geógrafos Brasileiros (seção São Paulo) no Conselho Municipal de Segurança Alimentar (COMUSAN), e Jaison Lara, um dos colaboradores do projeto Casa Ecoativa, espaço sociocultural de ecologia, turismo e educação, que está localizado na região da Ilha do Bororé, na zona sul de São Paulo, e que promove a agricultura local e familiar.

O programa também contou com as participações da jornalista Bruna Ribeiro, com sua coluna sobre infância, juventude e diversidade, e Franklin Valverde, nosso colunista de cultura.

A apresentação foi dos jornalistas Joel Scala e Maria Fernanda Garcia.