8 Comments

  1. Como o apadrinhamento afetivo pode mudar a vida de uma criança
    12/07/2019 @ 15:28

    […] Para ler a segunda reportagem, acesse: 47 mil crianças no Brasil vivem em instituições de acolhimento […]

    Reply

  2. Adoção Tardia: quando não se define idade para amar
    23/07/2019 @ 09:59

    […] Para ler a segunda, acesse: 47 mil crianças no Brasil vivem em instituições de acolhimento […]

    Reply

  3. A vida depois dos 18: os desafios enfrentados por quem viveu em abrigos
    07/08/2019 @ 14:34

    […] Para ler a segunda, acesse: 47 mil crianças no Brasil vivem em instituições de acolhimento […]

    Reply

  4. Avatar sophia
    09/09/2019 @ 10:09

    como faço para adotar alguma criança de ate 6 anos

    Reply

  5. Adoção no Brasil: a busca por crianças que não existem
    09/12/2019 @ 16:12

    […] Para ler a segunda reportagem da série sobre crianças em situação de acolhimento e adoção, acesse 47 mil crianças no Brasil vivem em instituições de acolhimento. […]

    Reply

  6. OSC disponibiliza e-book gratuito sobre acolhimento familiar
    27/12/2019 @ 08:00

    […] pode saber mais sobre como é ser uma família acolhedora na 2ª parte do especial sobre Adoção no Brasil, produzido pelo Observatório do Terceiro […]

    Reply

  7. Crianças no acolhimento enfrentam vulnerabilidade na pandemia
    16/07/2020 @ 16:46

    […] Uma das soluções encontradas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para evitar a aglomeração de muitas crianças e adolescentes em casas-lares ou abrigos foi estimular a adesão ao programa de famílias acolhedoras. […]

    Reply

  8. Avatar Eliete de Oliveira
    20/07/2020 @ 12:49

    Olá tudo bem…sou Eliete de Oliveira tenho 29 anos e tenho 3 filhos eu e meu esposo somos apaixonados por criança…damos aos nossos filhos tudo oq eles precisam e principalmente muito amor e carinho e uma boa educação…gostaríamos de ir além…de ter mais filhos, mas agora por meio de adoção..pois a gente vê tanta criança sofrendo sem amor sem carinho muita vezes sendo torturadas…abusadas…sei q o processo e longo e demorada..mas se vc puder me orientar por onde eu começar te agradeço muitíssimo

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *